Loading...

Discografia

Discografia 2018-05-28T13:47:11+00:00

O apelo para o Fado surgiu ainda em criança e, com apenas 13 anos, Joana Amendoeira sagra-se vencedora da Grande Noite do Fado do Porto. Hoje, mais de 20 anos passados de vivência no Fado, nove discos gravados e após ter pisado alguns dos mais conceituados palcos um pouco por todo o mundo, Joana Amendoeira mantém-se fiel às sonoridades tradicionais, acrescentando uma atitude e energia que fazem dela uma fadista ímpar.

Muito Depois

2016 ∙ CNM

“Muito Depois” reflecte os mais de 20 anos de vivência no Fado e conta com temas de diversos autores, letristas e compositores da actualidade, como Tiago Torres da Silva, Joaquim Pessoa, Vasco Graça Moura, Natália Correia entre outros.
Com produção do poeta Tiago Torres da Silva, a sonoridade tradicional deste álbum foi enriquecida com os diferentes matizes dos convidados especiais, como Pedro Jóia, na Guitarra Clássica, Filipe Raposo no piano e Paulo de Carvalho, com quem gravou o primeiro dueto da sua carreira. Estes convidados juntaram-se ao núcleo de maravilhosos músicos composto por Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Rogério Ferreira, na Viola de Fado e António Quintino, no Contrabaixo.

Amor Mais Perfeito

Tributo a José Fontes Rocha

2012 ∙ CNM

Álbum conceptual em homenagem ao mestre da Guitarra Portuguesa, José Fontes Rocha, onde a fadista interpreta 12 das mais importantes composições do músico. Joana apresenta este tributo como uma “celebração do talento e da mestria de um dos mais importantes compositores do Fado”.

Acompanhada por Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Rogério Ferreira, na Viola de Fado e Paulo Paz, no Contrabaixo, esta é uma obra coesa e plena de sentimento.

Sétimo Fado

2010 ∙ Nosso Fado

Partindo de uma formação com base na guitarra portuguesa, viola e contrabaixo, no disco “Sétimo Fado” volta a convidar outros instrumentos, neste caso o piano, o acordeão, o violoncelo e a percussão.
Ao lado de Pedro Pinhal e Filipe Raposo a fadista assina a produção e concepção musical do trabalho, reunindo assim uma série de letristas ou poetas, sejam eles o caso de João Fezas Vital, João Monge, Vasco Graça Moura, Rosa Lobato Faria, José Luis Peixoto, Pedro Tamen, Fernando Girão, Amélia Muge, Tiago Torres da Silva, Helder Moutinho, Pedro Assis Coimbra e Pedro Rapoula.
Para além dos fados tradicionais onde cabem as palavras escritas por alguns nomes acima referidos conta-se com uma série de novos fados com assinatura de vários compositores como Bernardo Sassetti, Pedro Pinhal, Paulo Paz, Pedro Amendoeira, Fernando Girão, Filipe Raposo, Davide Zaccaria e a própria Joana Amendoeira.

Joana Amendoeira & Mar Ensemble (CD+DVD ao vivo)

2008 ∙ HM Música

Em Portimão, no mês de Novembro de 2007, Joana Amendoeira (voz), Pedro Amendoeira (guitarra portuguesa), Pedro Pinhal (viola de fado), Paulo Paz (contrabaixo) e Filipe Raposo (acordeão) encontraram-se numa reflexão em redor do repertório da fadista para uma actuação com a Orquestra do Algarve. O resultado foi um dos espectáculos mais emblemáticos da história da sua vida.
Como não seria possível deixar em branco uma noite tão memorável como esta, surgiu a ideia de criar um ensemble para se juntar à voz de Joana Amendoeira e ao seu quarteto, formando assim um espectáculo com arranjos de João Godinho, que viria a estrear na Praça de Armas do Castelo de São Jorge, em Lisboa, no âmbito da Festa do Fado, em Junho de 2008.
Deste espectáculo surgiu o sexto disco da fadista, desta vez gravado e filmado para se tornar num disco ao vivo com oferta de DVD.
O Mar Ensemble, criado especificamente para este espectáculo, com a direcção de Paulo Moreira (violoncelo), conta ainda com a presença de António Barbosa (primeiro violino), Paula Pestana (segundo violino), Ricardo Mateus (viola d’arco), Maria Rosa (flauta), Rui Travasso (clarinete), Carlos Alberto (trompete) e João Carlos (trompa).
Este disco recebeu o prémio para “Melhor Álbum de Fado 2008” da Fundação Amália Rodrigues.

À Flor da Pele

2006 ∙ HM Música

O quinto álbum, “À flor da pele”, assenta numa progressiva depuração de um estilo muito pessoal e único.
Falar de “À flor da pele” é falar também de poesia, e por isso não deixa de ser evidente o critério manifestado na escolha dos poemas presentes neste trabalho, tanto mais que alguns deles, foram escritos por alguns dos mais criativos autores da nossa praça: Pedro Homem de Melo, Agostinho da Silva, Fernando Pessoa, José Luís Peixoto, Pedro Assis Coimbra, Rodrigo Serrão ou Helder Moutinho.
Custódio Castelo assinou a produção deste disco que contou com a participação dos músicos Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Pedro Pinhal, na Viola de Fado e Paulo Paz, no Contrabaixo, que aqui se estrearam como compositores.

Ao Vivo Em Lisboa

2005 ∙ CNM

Após a atribuição do Prémio Revelação 2004 da Casa da Imprensa, o álbum “Ao vivo em Lisboa”  é o primeiro ao vivo, gravado no seu primeiro espectáculo a solo numa das mais prestigiadas salas de Lisboa – o Teatro Municipal São Luiz, no mês de Novembro de 2004.

Contou com a participação especial de José Fontes Rocha, na Guitarra Portuguesa, Susana Castro Santos, no Violoncelo e os seus companheiros de estrada Pedro Amendoeira, na Guitarra Portuguesa, Pedro Pinhal, na Viola de Fado e João Penedo, no Contrabaixo.

Joana Amendoeira

2003 ∙ CNM

“Joana Amendoeira” é o título homónimo para o terceiro álbum que é o primeiro em idade adulta. Dos treze temas interpretados, onze são fados tradicionais com poemas originais.

Neste disco explora, para além dos acompanhamentos da Guitarra Portuguesa, por Custódio Castelo, da Viola de Fado, por Carlos Manuel Proença e da Viola Baixo, por Marino de Freitas, o som do Violoncelo, por Vicente Shuaqui, no bonito tema “Amor mais perfeito” em que participou José Fontes Rocha na Guitarra Portuguesa. Contou com a Produção Musical de Carlos Manuel Proença e Co-Produção e pesquisa de reportório de Aldina Duarte.

Aquela Rua

2000 ∙ Espacial

O segundo álbum, intitulado “Aquela Rua” é um disco que inclui diversas versões das principais referências fadistas, contando também com alguns temas originais.

Com a produção de Jorge Fernando e a participação dos músicos Custódio Castelo, na Guitarra Portuguesa, Carlos Manuel Proença, na Viola de Fado, Marino de Freitas, na Viola Baixo e Ricardo Cruz, no Contrabaixo, como músico convidado em dois temas.

Olhos Garotos

1998 ∙ Espacial

Álbum de estreia onde se denota uma predilecção por um reportório tradicional, cantando diversas versões das suas referências do Fado.

É acompanhada por Paulo Parreira, na Guitarra Portuguesa, João Mário Veiga, na Viola de Fado e pelo veterano e Mestre Joel Pina, na Viola Baixo.